fbpx
SAP Business One para Peixaria

Como o sistema SAP Business One pode ajudar a sua peixaria?

Digamos que a maré está pra peixe: o consumo atual de carne vermelha pelos brasileiros é o menor em 25 anos. Isso abre espaço para a carne branca, como o peixe, que teve o consumo dobrado na pandemia da Covid-19. Fatores como esses transformam o comércio de peixaria e as distribuidoras de pescado em um investimento favorável.

Porém, para que a previsão ocorra de acordo com as expectativas, é indispensável garantir o cumprimento das regras de conservação, manipulação e higiene, especialmente por ser um setor mais suscetível à contaminação, o que poderia prejudicar a saúde dos consumidores e a imagem de uma corporação. Nesse sentido, é preciso também se manter de acordo com a legislação vigente.

Percebeu como, apesar da previsão otimista, o comércio de peixaria precisa seguir uma série de recomendações para ter sucesso nas vendas? Continue a leitura para saber mais sobre o assunto e entender como a tecnologia pode ajudar!

Quais os principais desafios da peixaria no dia a dia?

Burocracia

Conforme mencionado, a peixaria e as distribuidoras de pescado precisam se manter atentas à legislação vigente, para que não surjam problemas jurídicos, queda na reputação da empresa e até riscos de fechamento.

Assim, certifique-se de se adequar ao controle sanitário quanto às instalações e ao armazenamento dos produtos, que tendem a ter mais problemas de contaminação do que muitos outros alimentos. Além disso, é preciso se informar sobre os parâmetros recomendados nas instalações da indústria e sobre o Alvará de Funcionamento, assim como consultar as especificações do Procon.

Todas essas questões são burocráticas e podem levar um certo tempo para serem solucionadas até que o seu estabelecimento esteja apto ao funcionamento. Em conjunto com esse ponto, podem ocorrer dificuldades logísticas.

Logística

O sucesso desse tipo de empreendimento depende do quanto os gestores conhecem a cadeia de distribuição e comercialização desse tipo de negócio, já que ela conta com características específicas, e é preciso aprender a se adaptar a elas e ter um bom planejamento para melhores resultados.

Em outras palavras, as vendas do mercado de peixaria podem ser diretas e indiretas, e o tipo de distribuição também tem variados métodos. Entenda mais a seguir:

  • venda direta: é caracterizada pela venda direta a um cliente corporativo ou consumidor final;
  • venda indireta: ocorre por meio do atacado ou varejo.

Cada um dos tipos de vendas apresenta desafios que precisam ser superados, especialmente se o seu objetivo for crescer exponencialmente nos negócios. Assim, saiba que as vendas indiretas tendem a ter um maior volume de compra e compradores com poder de barganha mais elevado, como a Ceagesp, que comercializa com diversos estados e cidades do interior.

Além disso, também existe a possibilidade de fazer negócios diretamente com supermercados, que têm se consolidado cada vez mais como pontos de comercialização e vendas. Seja qual for o tipo de venda e distribuição que você adotar, lidar com a logística necessária e garantir a qualidade dos produtos é sempre um desafio que, se não for driblado pela sua peixaria, possivelmente será pela concorrência.

Afinal de contas, a distribuição do produto tem relação direta com o preço final para o consumidor. Quando não há o planejamento correto, isso pode afastar os compradores ou diminuir o lucro dos vendedores. Ainda, é fato que a falta de infraestrutura, a má conservação e o desperdício também interferem nos preços.

Como um sistema de gestão ajuda uma peixaria?

Conforme mencionado, uma peixaria ou uma distribuidora de pescado passam por inúmeros desafios que podem interferir diretamente no seu volume de vendas. Por esse motivo, existem sistemas de gestão que ajudam o setor a superar tais obstáculos, especialmente os relacionados à logística, como é o caso do SAP Business One.

Isso porque existem inúmeras etapas a serem desenvolvidas na distribuição de pescados. Um dos benefícios do software é a organização delas por área de negócio e listagem de prioridades, como:

  • controle de estoque;
  • gestão de encomendas e dos pedidos de vendas;
  • gestão financeira;
  • logística de entrega;
  • emissão de nota fiscal e boleto bancário;
  • indicadores importantes para monitoramento.

Controle de estoque

O peixe precisa ser mantido em armazenamento fresco, com temperatura inferior a 3 graus e o corpo todo coberto por gelo. Essa é uma das recomendações para que ele se mantenha bem conservado.

É especialmente importante controlar esses fatores por se tratar de um alimento com vencimento curto e de alta rotatividade. Nesse sentido, o sistema de gestão realiza o controle de estoque automatizado da:

  • quantidade restante;
  • indicação do momento de compra e da demanda necessária;
  • quantidade de produtos que podem ter ultrapassado a validade;
  • pedidos que podem não ter sido vendidos por falta de produto no estoque.

Gestão de encomendas e pedidos de vendas

O sistema de gestão deve ser capaz de atender a todos os processos básicos que envolvem a solicitação de encomendas e pedidos de vendas, como cadastro dos clientes, estoque, lista de preços, emissão de pedidos etc.

Para isso, ele conta com funcionalidades que otimizam o processo. É o caso do:

  • acesso ao estoque instantaneamente;
  • acesso a todos os clientes da cartela;
  • lista de preço por tipo de clientes, considerando as condições de negociação de cada um.

Gestão financeira

Ter um sistema de gestão empresarial simplifica as contas a receber e a pagar da peixaria. Isso porque ele possibilita a integração das contas, o que evita entrar no site do banco para realizar o pagamento, além de contar com a conciliação de extrato bancário.

Logística de entrega

Ter uma solução de gestão na logística de entrega é fundamental por proporcionar mais organização ao processo. Afinal, o software conta com:

  • organização de pedidos por rotas, zonas, horário etc.;
  • validação da pesagem do item e alteração para a quantidade correta, se necessário;
  • devolução de pedidos não entregues;
  • etc.

Como ficou nítido, adotar um sistema de gestão, como o SAP Business One, nas estratégias da peixaria ou distribuidora de pescado pode ajudar na superação de desafios existentes e na otimização de processos.

Gostou de saber mais sobre o assunto? Então aproveite a visita para conferir também a história de sucesso do Grupo Usina Alimentos e se inspire!

controle de estoque, gestão de vendas, Logística de Entrega, peixaria, sistema de gestão


Marcos Leite

Cofundador da Falcora, Head de Marketing & Vendas e Diretor da área de Projetos de implementação dos Sistemas de Gestão ERP.

Soluções Inteligentes, Lucros Rápidos.

Suporte Técnico humanizado por Telefone, E-mail e WhatsApp

Atendimento 24x7 para emissão de Cupom ou Nota Fiscal

Atualizações Tecnológicas e de Legislação Fiscal.

Melhores praticas de gestão de processos e integrações

Área de Treinamentos e Cursos.

© 2022 Falcora. Todos os direitos reservados.

%d blogueiros gostam disto: